Carta astral de Jorge Sampaio

Um dos títulos do Público de hoje: Jorge Sampaio (1939-2021): “O nosso pai não gostava da arrogância e cultivava a humildade”


Carta astral de Jorge Sampaio

Esta poderia ser uma das perguntas a sair num teste de astrologia! Como se vê isso no mapa?

Resposta: Ascendente Peixes, Sol, Mercúrio e Vénus no signo da Virgem em conjunção com Neptuno (o planeta que representa o ser tudo e todos de Álvaro de Campos, o ser plural como o Universo - a nossa imagem de absoluto!) Se levarmos em conta o mapa celeste de Jorge Sampaio, para mim mais do que um socialista, um homem aberto e preocupado com os problemas sociais e mundiais do seu tempo. O seu perfil humanista, acentuado por uma forte energia pisciana, denota uma enorme sensibilidade e um espírito aberto e solidário com os demais, pese embora as grandes marcas deixadas pelos tempos difíceis e conturbados em que nasceu.

Não me quero alongar, quero só deixar a minha homenagem a um homem que lutou e acreditou nos seus fortes ideais coletivos, e que do ponto de vista político, poderíamos designar por alguém com um forte pendor místico na forma como via o mundo, apesar de a filosofia socialista estar conectada com o seu lado mais agnóstico da vida, a questão é que quando o lado mais material da vida é vivido e exaurido intensamente, chega o momento em que no seu ponto limite, o espaço existencial se curva em direção a uma nova espiritualidade!

Ficou o sonho de construção de um possível entendimento e compreensão nos vários setores partidários, uma busca de unidade nacional na sociedade política para além de ideologias, crenças e divisionismos.

O forte eixo Zodiacal Virgem/Peixes (signos ligados ao serviço e à humildade) presente em Sampaio deixará marcas profundas no seio da alma portuguesa, fica a memória do missionário político que em determinadas momentos consegui encarnar a alma de um povo.

L.R 12-9-21




Secções