Ingresso do Sol - Solstício de Câncer

Breves Notas: Solstício a 0º de Caranguejo – dia 21 Junho 4h32 Lx

Estamos a aproximarmos de um período no qual os planetas pessoais (Sol, Mercúrio, Vénus e Marte) se opõem aos planetas sociais Júpiter e Saturno, e neste quadrante de verão também se irão opor aos planetas transpessoais Plutão e Neptuno, com o acréscimo das quadraturas a formarem se com Úrano. Nesta quadra, o trabalho a ser feito está mais relacionado com o autodesenvolvimento pessoal, o empoderamento e o fortalecimento do sistema imunológico. A perspetiva é de um verão quente, no que concerne ao desconforto individual face a certas medidas implantadas pelos órgãos sociais. Há mesmo a possibilidade de nos sentirmos abusados, explorados e escravizados por medidas que aparentemente racionais, encobrem uma insidiosa e uma alta manipulação na forma como nos querem passar certos valores e certificados que atestam uma extrema falta de sensibilidade e de inteligibilidade! Assim, a Lua ponto focal deste mapa, astro que representa o povo e rege o ingresso do Sol neste solstício, encontra-se no signo da sua queda – Escorpião - formando uma Cruz fixa perfeita com Marte, Saturno e Úrano. Ao nível da personalidade, iremos deparar com crises pessoais com uma tónica emocional elevada e para quem vive com poucas posses, o momento é sem dúvida restritivo e preocupante. Para quem tem as condições económicas básicas asseguradas, o momento é favorável para refletir, revalorizar questões centrais da vida, e encontrar respostas a nível espiritual. A presença Neptuno na casa 11 pede para nos agruparmos em termos de afinidades e de desenvolvermos ações conjuntas com base na solidariedade. Saturno regente da 9 a culminar neste tema, indica que vai haver rédea curta por parte dos gestores e que teremos de cumprir as regras e os mandatos provenientes da comunidade europeia. A bazuca irá chegar (Júpiter em trígono ao Sol), mas se a gestão e a distribuição de recursos não contemplar os mais desfavorecidos, iremos ter desequilíbrios e choques nas camadas sociais que irão aumentar ao longo do tempo. Mas os maiores problemas deste período e não só, giram à volta da ética, dos princípios, da educação espelhada num país e num governo que vai desempenhando o papel de seguidor subalterno na comunidade europeia, esperando a compensação e o apadrinhamento, tónica habitual de quem faz carreira política, sem apresentar algo de pioneiro, original e criativo no qual os portugueses se possam orgulhar e rever. Sem o espírito de abertura, de verdade, unidade e confiança, todos os partidos terão já os dias contados pois a abstenção tende a ser cada vez mais maioritária, esta tendência permanecerá até aparecer um tronco luso que se enraíze na alma tradicional portuguesa e possa expressar a sua natureza, naquilo que ela tem de mais original e universal. Enquanto a política não falar à alma do povo, teremos sempre a sensação que estamos entregues aos vendilhões do templo, o mesmo se passa com os media e a ciência politizada, nunca saberemos se a preocupação dominante é maior com a ecologia e a vida humana ou com os interesses económicos subjacentes! Neste final da mini Kali-Yuga da Era de Peixes em que se encontra a maior parte da sociedade, ainda haveremos de presenciar a muitos paradoxos que colocarão em causa a boa-fé na razão! A partir de agora vou deixar de escrever estas breves notas ligadas com as lunações, faz um ano que comecei esta gesta, fiz a ronda dos 360º do viver cosmicamente um ano, e voltarei sim, em cada Solstício e Equinócio, para vos falar dos principais aspetos planetários de cada estação e comentar algum aspeto astronómico mais relevante no decurso dos mesmos. Daqui em diante, irei utilizar uma linguagem mais astro/política/espiritual no meu discurso e no próximo Equinócio voltarei para delinear os principais eventos cósmicos da rentrée.

Desejo-vos umas boas férias e até breve se a vida assim me inspirar! Luís Resina Lx, 20-6-21 Nota: para quem queira celebrar o ingresso do Sol no Solstício, haverá hoje pelas 21h30 uma meditação Online orientada pelo Movimento Dar Voz a Portugal, as inscrições para a meditação devem ser feitas a partir da página: https://www.facebook.com/Dar.Voz.Portugal/?ref=pages_you_manage ou do grupo https://www.facebook.com/groups/darvozaportugal


Featured Posts
Recent Posts